quarta-feira, 6 de abril de 2011

numa tarde dessas qualquer, Roberto, muito entediado, resolveu sair de casa às 17 horas. foi pra rua à procura de qualquer pessoa que curtisse uma incoerência.
Incoerência era uma palavra que a mãe de Roberto gostava muito de usar quando se referia a ele e falava assim com um desgosto e um pesar. É, a mãe de Roberto não admitia incoerências naquela casa.
Aí quando Roberto voltou às 3 da manhã com a blusa rasgada e manchas roxas no pescoço e no abdômen e sua mãe indignada em cólera perguntou por onde ele andou, o que aconteceu, o que diabos era isso, ele abriu um olho só, encarou sua mãe placidamente e disse:
_Mãe, maria pegou aids do Espírito Santo... o pobre do Jesus teria aguentado um pouco mais se não tivesse sido crucificado por ser viado.

Um comentário:

beto,,, disse...

gosto muito desse também. rs. tem um tom que me agrada muito.